Webdoc: Caliban

Os gaúchos da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz encenaram Caliban, clássico de William Shakespeare adaptado por Augusto Boal, no Mirada 2018. Assista ao Web Documentário gravado com o grupo.

Webdoc: Del Manantial del Corazón

Assista ao Web Documentário com a atriz, dramaturga e diretora mexicana Conchi León.

Webdoc: Labio de Liebre

Assista ao web documentário do grupo colombiano Teatro Petra, gravado durante a quinta edição do Festival Mirada.

Autoficções em cena

O que é verdade e o que é mentira? Os jovens do Querô registram as discussões sobre os limites entre realidade e e ficção

Um lugar de encontros

Um resumo de tudo que rolou dentro das atividades formativas do Mirada 2018, pelas lentes dos jovens do Instituto Querô.

Casulo Querô, por eles mesmos

Profissionais do Instituto Querô e da Querô Filmes fizeram uma imersão nas atividades formativas do Mirada e apresentaram tudo que rolou

Manufatura de monólogos: um lugar de risco

Ouvimos dos atores e diretores da formativa Manufatura de Monólogos sobre os desafios de criar um espetáculo itinerante e lidar com o inesperado que pode vir do público

Artistas daqui

Em ‘Manufatura de Monólogos’, os artistas da baixada Santista foram estimulados a tirarem seus projetos do papel. Confira o resultado nesse vídeo produzido pelos jovens do Querô

O pulsar do novo tempo

Parte de um projeto que reúne diversos espetáculos, El Ritmo (Prueba 5) não quer tratar de nenhum tema, mas levar o espectador a experimentar novas formas de percepção

ESPECTADOR COMO VOYEUR

A colombiana La Maldita Vanidad apresenta dois espetáculos que quebram em certo momento o pacto de ilusão com o espectador

CONFINADOS EM SI MESMOS

Grupo colombiano La Maldita Vanidad leva à cena personagens limítrofes no díptico Dramas neo-costumbristas de carácter fatal, apresentado pela primeira vez em sua versão completa no Mirada

Chulos: O corpo em festa

A magia do corpo que pode dançar, cantar, tocar e superar os seus limites, pelas lentes dos jovens do Instituto Querô.

Lixo Menos é mais

Vídeo dos jovens do Querô mostra as ações de sustentabilidade do festival que contribuem para a redução da geração de resíduos

“NÓS” COMO COMUNIDADE EFÊMERA

Cia mineira Quatroloscinco propõe uma relação horizontal entre atores e espectadores criando um ambiente de afeto e estranhamento

ENSAIOS SOBRE O ATO DE OLHAR

Uruguaio Sérgio Blanco explora o campo da autoficção para discutir os limites éticos e morais da arte

Curadoria: Relatos de Resistência e Invenção

Em entrevistas, o Querô retrata a importância e o papel do curador em festivais como o Mirada

Projeto provas

Jovens do Instituto Querô registram os processos criativos e de pesquisa desenvolvidos pelo diretor argentino Matias Feleman

Maquiagem borrada

Co-produção Brasil-Paraguai revela como ditadores enganam a população para se manter no poder

Panorama do Mirada 2018

O crítico de teatro Welington Andrade fala suas impressões sobre o festival deste ano

Desconstruindo tabus pela arte

Espetáculo colombiano mergulha na mente de um homem antes do suicídio, trazendo à tona um tema sobre o qual as pessoas relutam em falar

Mirada 2018: 9 imagens e reflexões para guardar na memória

O Mirada2018 chegou ao fim, mas deixou encantamentos e inquietações que vão seguir nos acompanhando

Títeres da miséria

Em 'Souvenir Asiático', o grupo colombiano Los Animistas utiliza a técnica de bonecos para tratar do drama das correntes migratórias hoje

Encontro marcado

Antunes Filho utiliza elementos-chave de sua estética como encenador para montar 'Eu Estava em Minha Casa e Esperava que a Chuva Chegasse'

A coreografia frenética do cotidiano

Com ironia e situações absurdas, espetáculo argentino chama atenção para os ritmos que determinam nossas posturas no mundo

Até quando esperar?

'Eu Estava em Minha Casa e Esperava que a Chuva Chegasse' traz crítica à nossa teimosia em manter o mesmo objetivo, ao estado de inércia, à aceitação do luto em detrimento da luta

Mambembes ao vento

"Teatro é algo que não se assiste, se testemunha. Cada apresentação é uma experiência única", disse Gilsérgio Botelho, do Circo de Soleinildo, após ventania que fez o cenário voar em Peruíbe

Muitas odisseias escritas no palco

Cia. Hiato mistura aventura épica com as histórias particulares dos atores a partir de uma perspectiva feminista

Quando As Palavras Não Dão Conta É Preciso Coexistir

Cia. Brasileira deixa de lado um discurso feito de palavras para pensar novas formas de existências através do afeto

O homem que aprendeu a amar

Do alcoolismo à descoberta do amor, um espectador assíduo do Mirada conta como o teatro transformou sua vida

A bolha selvagem

A noção de comunidade é colocada em xeque em 'Nimby - Nosotros Somos los Buenos', coprodução de artistas chilenos e alemães que parte de conflito real de vizinhança e resulta perturbadora

A Tradição do Ritual e as Circunstâncias do Real

Lançando mão de uma potente simplicidade, obra da mexicana Conchi León traz narrativas rituais sobre maternidade, vida e morte

Caleidoscópio Das Tragédias Cotidianas

A crítica Julia Guimarães fala sobre o espetáculo 'A Vida', da companhia AntiKatártiKa Teatral

A Desconstrução da Odisseia

Cia. Hiato revisita poema épico de Homero sob o ponto de vista de suas personagens femininas e com a participação do público

Museu Vivo de Memórias

Em entrevista aos jovens do Instituto Querô, a diretora Joana Craveiro mostra que é possível criar espetáculos a partir de memórias e de fatos históricos

A melodia perturbadora de Ñaña

Espetáculo peruano usa montagem simples e linguagem direta para denunciar a cultura do estupro

Poéticas da Oralidade

Um retrato dos jovens do Instituto Querô sobre como modificar os lugares pré-estabelecidos, ocupar espaços e valorizar as formas de expressão das diferentes culturas

Provocações para a construção do imaginário

Neste bate-papo, registrado pela oficina do Querô, os artistas contam como utilizam o corpo para criar provocações e abrir novas portas no imaginário do público

Polifonia Singular

Se as plantas falassem, o que diriam? Que vozes teriam? Os jovens do Instituto Querô foram ouvir as vozes criadas pela atriz chilena Marcela Salinas

Ponto de partida e El Galpón

O olhar do Querô para o encontro entre o grupo brasileiro Ponto de Partida e os integrantes do uruguaio El Galpón, o grupo mais antigo da América Latina

Quando palavras não bastam

Maria Eugênia de Menezes fala sobre a montagem uruguaia 'Lítost, La Frustración', que mescla dramaturgia e dança

Clareiras

Grupo XIX de Teatro critica a intolerância por meio da força simbólica na encenação itinerante do infantil 'Hoje o Escuro Vai Atrasar Para Que Possamos Conversar'. Está mantida a capacidade de interagir dramaturgicamente com a memória de cada espaço

Entender Caliban para seguir na utopia

amilton de azevedo fala sobre o espetáculo 'Caliban – A Tempestade de Augusto Boal' e os 40 anos da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz

Limites do afeto

No espetáculo peruano 'Ñaña', a diretora e dramaturga Claudia Tangoa assume a parcialidade de seu ponto de vista para narrar a história verídica de uma criança vítima da violência

Vazios e pertencimentos

Primeiro trabalho nicaraguense a participar do Mirada, La Ciudad Vacía busca tensionar questões íntimas a seus contextos históricos

Anatomia da Violência

Violência, opressão e medo. É possível retratá-los de forma plástica e artística? Os jovens do Instituto Querô retratam o tema neste vídeo

Grandes Sertões: Do Cangaço às Redes Sociais

A graça da vida é que ninguém é feito coisa-pronta. Nem o teatro. Leia as percepções de quem assistiu à peça 'Grande Sertões: Veredas' pela segunda vez

A dança de corpos negros no enfrentamento da violência das cidades

Espetáculo colombiano 'La Ciudad de los Otros' traz para o centro do palco a histórica exclusão social de caráter racial

A festa de despedida de uma revolução que nunca aconteceu

Espetáculo do grupo colombiano Mapa Teatro explora contradições do fim do conflito armado no país

Sobre corpos vestidos de saber e silêncios que significam

Atividade formativa discute a oralitura, poética que se manifesta por meio do corpo e da voz, presente na peça 'Preto'

"Levei anos para conseguir contar essas histórias"

Amélia Porteiro, do grupo teatral uruguaio El Galpón, é representada em uma das muitas histórias emocionantes contadas na peça 'Vou Voltar', do Ponto de Partida

Mapa Teatro e o seu festivo funeral

Com La Despedida, a mais destacada companhia teatral da Colômbia encerra ciclo de peças que discutem a história do narcotráfico no país

Sons, vozes e (des)pertencimentos

O que nosso sotaque diz a respeito de nós mesmos

Precisamos conversar com nossas crianças

Grupo XIX de Teatro estreia sua primeira peça infantil e trata sobre a intolerância e o bullying. Afinal, de onde isso vem?

Gente de bem

Como lidamos com nossas hipocrisias de estimação

Em nome do pai, do filho e, sobretudo, do teatro

O grupo boliviano Chakana Teatro elege como fonte a vida do seu diretor e ator Ariel Muñoz para falar do fantasma paterno e busca de identidade. 'Chancho' transcende a figura do eu e ousa no modo de narrar

A Poética do Corpo Negro

Os jovens do Instituto Querô retratam o encontro entre os dançarinos da Corporação Cultural Afro-colombiana Sankofa e os brasileiros da Cia. Sansacroma

Utopia delirante ou a mera rotina nossa de cada dia?

Pessoas que estavam à toa na vida saíram de casa para ver o espetáculo Automákina passar. Veja só o que deu

Um olhar sobre as atividades formativas

Vozes, urgências e memórias são os pilares das atividades formativas desta edição do festival, registradas pelos jovens do Instituto Querô

Uma viagem, para resistentes, pela (re)construção da memória em Portugal

Atriz, dramaturga e encenadora Joana Craveiro reúne acervo formado principalmente a partir de experiências e relatos pessoais sobre passado de Ditadura e revolução em Portugal

A canção do exílio e a hora do Brasil

Grupo Ponto de Partida (MG) saúda os uruguaios do Teatro El Galpón com afirmação humanista que dosa objetividade histórica e subjetividade dos afetos e do gesto solidário. Vou Voltar prima pela musicalidade e oscila nos diálogos dramáticos

Um grito de alerta para que não sejamos parvos

Espetáculo mais longo do Mirada 2018 revela horrores da ditadura de Salazar e critica a sociedade portuguesa por tentar apagar essas memórias

Em busca do próprio rosto

Em estreia nacional, Corpos Opacos ainda não formula plenamente como linguagem a solidez da pesquisa em torno da clausura das freiras e seu contraste com a força do feminismo na atualidade

Utopía y Distopías

Vídeo do laboratório audiovisual Casulo apresenta a instalação do Mapa Teatro, que ocupa a convivência do Sesc Santos

Quando monólogos falam até sem palavras

As impressões de quem viu as primeiras apresentações do projeto teatral Manufatura de Monólogos, com artistas e dramaturgos da Baixada Santista

De câmera em punho, jovens do Instituto Querô registram atividades formativas do Mirada

Munidos de câmeras, microfones, olhares curiosos e perguntas interessadas, eles oferecem ao público do festival um material rico e instigante

O poder de uma só palavra

Atividade formativa do Mirada discute o colonialismo, tema presente em três espetáculos do festival

A materialidade documental dos invisíveis

Um Museu Vivo de Memórias Pequenas e Esquecidas conduz o público por vasto acervo da história portuguesa

A Delicadeza de Renascimentos

Em 'Funeral para a ideia de um homem', grupo de jovens artistas realiza, em cena, elaboração da própria finitude com o apoio de técnicas de dança e circo

Muito barulho por alguma empatia

Os lugares de fala trazem o Peru ao Mirada 2018 com um clássico de Shakespeare

Entenda o contexto político da Nicarágua, país que estreia no Mirada

Atmosfera polarizada é o pano de fundo dos conflitos violentos, explica jornalista Jon Lee Anderson

Casa da Consciência (ou da colheita de semear mortos)

Ao construir uma lógica própria e fantástica acerca da relação entre vítima e algoz, espetáculo colombiano 'Labio de Liebre' dialoga com a realidade histórica latino-americana

O presente assombrado pelo passado, e vice-versa

A dramaturgia de Labio de Liebre, do grupo colombiano Teatro Petra, é permeada de imagens comuns a relatórios de comissões da verdade. A estrutura metafísica alude a formas brutais de violência sob um senso perpétuo de irrealidade que engendra estranhamento em todos os planos

Performance escancara barreiras na relação entre corpos

Com visual impactante, 'Topologías Para Cuerpos Infinitamente Inconquistables' apresenta a força e a fragilidade no encontro com o outro

Bem-vindos à floresta que parece de verdade

A instalação Topografías: Utopías y Distopías, na área de convivência do Sesc Santos, propõe um passeio por uma selva 'made in China'

As utopias e distopias colombianas, com ironia e cenários inusitados

A violência é um tema recorrente nos espetáculos do país homenageado do Mirada 2018

Nove coisas imperdíveis no Mirada 2018

Pra você que está em Santos, no litoral sul paulista ou planeja passar uns dias na Baixada, um recado importante: a quinta edição do Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas desembarca com 41 espetáculos pelos próximos 10 dias

Navegue com a gente no Ponto Digital!

Somos 18 editores de texto, imagens e vídeos. Nos acompanham críticos de todo o Brasil. Vamos registrar os olhares particulares sobre os espetáculos e tudo aquilo que acontece nas coxias, nas mesas de som, de luz e de alimentação, nos encontros e desencontros entre público e artistas

Uma história de resistência e amor pela arte

A ligação de Santos com as artes cênicas remonta aos tempos de Dom Pedro I. O registro mais antigo é de 1830, quando foram feitas as primeiras apresentações numa edificação precária no centro da cidade, iluminada por velas e candeias de azeite. Escravos transportavam as cadeiras até o local. Verdades inconvenientes da nossa história